jump to navigation

A doença do imaterial 18 outubro, 2005

Posted by Fabio Malini in Pensamento Negri.
trackback

Há um trecho no livro o Trabalho Imaterial, do Negri e Lazzarato, em que falam que em uma economia baseada no imaterial o corpo tende a se esgotar, à medida que, além da atividade manual, é requerido do trabalho sua força-invenção, a sua força-cérebro. O trabalho se torna envolvimento afetivo. De forma que agora é 'a alma que é posta a trabalhar". Deriva disto um corpo que sofre com as lesões advindas do trabalho repetitivo e as lesões advindas da aguidamento do trabalho psíquico (depressão, estresses etc).

Li hoje na Folha que há agor uma nova síndrome, batizada de "burn out" (queimar-se, desgastar-se). Acomete aqueles que se desgatam emocionalmente com o trabalho. Sério isto!

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: