jump to navigation

Notícias do MST 23 março, 2006

Posted by Fabio Malini in política.
trackback

No site do MST – muito informativo, diga-se de passagem, há um conjunto de notícias que nunca lemos nos grandes mídias. Elas mostram a violência cotidiana que passam aqueles sujeitos que lutam por terra em terras tupiniquins. Até criança não escapa das humilhações de uma sociedade que trata movimento social como caso de polícia, e não de política.

22/03/2006 – Ontem pela manhã, seis policiais fortemente armados e o delegado Rudimar de Freitas Rosales invadiram a sede da Associação de Mulheres Trabalhadoras Rurais do Rio Grande do Sul, em Passo Fundo. Eles arrombaram o portão da casa e, sem se identificar, encurralaram sete mulheres e uma criança na cozinha.

Para dar os méritos ao governo federal: ano passado o governo cumpriu as metas de assentamento. Nao é só com polícia que esses movimentos são tratados.

Comentários»

1. Vitor Taveira - 24 março, 2006

eu lembro q ano passado teve uma polêmica em torno do cálculo das familias assentadas… o governo dizia q cumpriu mas o mst dizia q nao

de qualquer jeito se cumpriu ainda não foi do jeito q o mst queria, enfrentando os grandes latifundios e sim atraves de terras devolutas ou localizadas em locais distantes ou com terra de pouca qualidade

mas nos fim da contas eles cao acabar apoiando a reeleiçao do lula. Dos males o menor…

2. Fabio Malini - 26 março, 2006

Acho que sim… O MST foca sua ação bem menos contra invasões de prédios federais e cada vez mais no confronto com os governos estaduais.

Este ano parece que o governo vai chegar nas 400 mil famílias assentadas. Uma meta proposta pelo próprio MST em 2002, nas vésperas, da posse.

Isto significa que o próprio MST vai ter de se realinhar. Se as famílias passam ser assentadas, o movimento de massa vai minguando e entra em refluxo.

Não vimos nos quatros anos do governo nenhuma manifestação de massa.

Claro… o MST muito mais inteligente que setores da esquerda do PT e do PSOL – não entra na onda da direita de se opôr ao governo para ser do contra em si.

O orçamento do Rosseto triplicou em três anos.

Talvez a grande questão é dimninuir a grana do orçamento do agrobusiness para deslocar para investimentos nos assentadas, embora, tb isto vem acontencendo, através do investimento recorde em agricultra familiar, já na ordem dos 5 bilhões.

No governo FHC era um décimo disto.

As coisas parecem ficar cada vez mais polarizadas… né?


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: