jump to navigation

Opinião Pública e Blogs 2 maio, 2006

Posted by Fabio Malini in Blogs, jornalismo, Pensamento Negri.
trackback

Estava a ler um post que relatava sete opiniões sobre os blogs. Uma destas sete me estimulou a escrever algo: os blogs não têm capacidade de mudar a agenda pública. Achei instigante a afirmação.

A tese parte do pressuposto que a função de pressão política ainda cabe ao jornalismo clássico. De fato esse parece ser um capital que os jornais têm e os blogs não: poder criar uma pauta de discussão para as pessoas, não consegue criar uma opinião pública. O jornal é homogêneo.Os blogs não são fenômenos tipicamente de massa, ao contrário, são heterogêneos, em sua essência — logo os fatos possuem muitos pontos de vista, não se reduzindo a uma narrativa homogênea, em termos de poder.

Por ser tão vasto, os blogs reforçam o sentido caótico que é peculiar a natureza. Ao contrário, o jornalismo nasceu para ser uma mediação que dá ordem ao tempo, "ao que passou ontem", criando uma hierarquia que vai dos fatos mais para os de menos importantes. O jornalista comprime o mundo, o blogueiro o estica.

Se por um lado, os blogs têm pouco capital de formação de agenda pública, sou totalmente contra a visão que os vê como instrumento frágil na produção de opinião. Para mim, essa é a sua maior força: proporcionar o aumento da esfera pública de debate e de construção de novos pontos de vista. A questão é que precisamos pensar a opinião pública, agora, dissociada de massa. Precisamos vê-la como multidão, como um conjunto de singularidades que cooperam. Um blogueiro nunca está sozinho em sua opinião. Somos muitos. Somos multidão.

Totalmente negriano…

Anúncios

Comentários»

1. Juliana - 3 maio, 2006

Bem, eu acho que a maior polêmica quanto aos blogs é a audiência. E o poder que essa audiência pode interferir nas chamadas sugestões de pautas. Como o blog é mais livre, pode implicar num ato de espontaneidade sem preocupação com um leitor fixo/cativo.A questão é: o blog pode ser efetivamente uma mídia de interatividade e mediar fatos/sociedade que é a proposta do jornalismo?

2. Vitor - 3 maio, 2006

boa malini!
totalmente negriano mesmo
rsrs

3. fabiomalini - 3 maio, 2006

Juliana,

Ótima sua colocação. É quase um problema de pesquisa. MAs vamos a ela:

1. sobre a interatividade: isto os blogs realmente já são. Mas acho que falata a possibilidade dos uleitores alterarem e contribui]írem mais nos posts. Não só comentar, mas produzir junto. O blog deveria ser um pouco mais wiki.

2. Acho que o blog não tem essa função de mediação. Aliás, ele põe em crise a mediação e todas as noções de representação. Daí o problema de não conseguir produzir pressão política. Ele é tão múltiplo,que se “perde na poeira das ruas”. MAs essa poeira de informação acaba gerando uma nuvem, um espaço público, capaz de alterar as percepções das pessoas sobre o mundo.

3. Assim acho que jornalismo, como mediação social, continua sendo algo extremamente vivo. A questão é quem faz jornalismo? Só jornalista ou o cidadão tb?

Questões, questões, questões….

4. fabiomalini - 3 maio, 2006

Vitor,

Vi um cara que postou em inglês um conteúdo monstruosos sobre o debate on line sobre cotas a partir de um post meu e seu. Depois te passo o link.

Vc sabia disto?

5. Vitor - 4 maio, 2006

ah eu vi o que esse cara postou sim

qnto ao fato dos cidadaos tambem fazerem jornalismo é realmente uma questao interessante. Lendo o Centro de Midia Independente eu fico meio receoso porque tem um carater muito ideologico e parece q os “joranlistas” de lá tem mto mais compromisso com seus ideiais do que com os fatos
mas ai se vc olhar a grande mídia vc percebe q acaba sendo quase a mesma coisa, só q no sentido contrario

agora, ninguém será mais ou menos cidadão porque escrevem com ou sem compromisso com a verdade. Mas os jornalistas…

6. fabiomalini - 7 maio, 2006

Tb acho o indymedia muito ideológico, mas vejo que o cidadão produz conteúdo que é mais um artigo do que propriamente uma notícia.

Mas a solução para inserir o cidadão na lógica da notícia é criando sistemas de reputação. O overmundo trabalha com pontos, o youtube estrela, o delicious com popularidade de tags… enfim, o lance é que a comunidade virtual possa hierarquizar o que é interessante ou não. A figura do editor é sempre um problema…

Mas vejo que são discussões novas… e que vamos encontrandos soluções para isto…

7. Angelo Duarte - 15 janeiro, 2007

Já estar muito manjado e repetitivo, os ataques que os ditadores do PT disfarçados de democratas fazem aos USA e a ditadura Militar que é passado no Brasil.
Na verdade, o Brasileiro precisa ficar é atento aos ditadores do PT, que através do Lula, vem colaborando e investindo com doações de aeronaves, dinheiro e investimentos nos países visinhos e com isso alimentando a esperança para que Ditadores como Hugo Chávez alcance de verdade suas metas.
O Ditador Hugo Chávez tem como Meta, dominar e se tornar líder da América latina, mesmo que isso no futuro estabeleça atritos sérios contra o Brasil.
Chávez busca aliados em toda América latina, e ele sabe que será preciso para um eventual combate contra o Brasil caso nosso país seja um obstáculo para ele. E podem apostar que Chávez terá muitos aliados na América latina para se voltar contra o Brasil se assim for preciso.
O improvável mesmo, é ver algum país da América latina se colocar ao lado Brasil, MUITO IMPROVÁVEL.
Na verdade com o PT e Lula no poder, não será um obstáculo, poderemos se tornar omisso e submisso ao comando de Chávez, e com isso ver crescer também os ideais do PT e Lula que colabora diretamente para que ditadores como Chávez chequem a onde pretende.
O Brasil precisa ficar de olho nesta esquerda ridícula e verdadeiramente perigosa que poderá comprometer a nossa soberania e democracia.

Você acha isso um exagero ?
Lula achava um exagero quando ele foi avisado meses antes que Morales presidente da Bolívia poderia desafiar o Brasil.

O perigo estar ai, e temos no Brasil ditadores disfarçados de democratas que só sabem dizer que os EUA é perigo, mas que na verdade o perigo são eles mesmos para a nossa nação.

Ângelo Duarte

8. Wellington Amado - 19 janeiro, 2007

Todas as manhãs, acompanho você no Bom dia Brasil, e hoje não foi diferente.
Miriam, fez bem aceitar o convite do Sr. Celso Amorim.
Aliás faça um favor ao povo Brasileiro, pergunte a ele, porque ele acha normal que países como Argentina e outros da América latina pleiteei seus direitos junto a corte internacional quando se acham prejudicado principalmente quando é contra o Brasil.
E pergunte a ele, porque o Governo Lula também acha normal, que o Brasil não faça questão de exigir também seus direitos na corte internacional quando é prejudicado.
Exemplo: A Argentina e outros visinhos, com certeza irão sempre contra o Brasil, a reclamar na corte internacional quando se sentir prejudicados, e para isso não tão nem ai em discutir esta questão dentro do Bloco.
No entanto, o Brasil foi prejudicado em relação a Bolívia, Argentina e fez toda questão de discutir o assunto dentro do Bloco, e pior, o Brasil abriu mão de seus direitos na corte internacional no caso da Bolívia(Gás) e esse acordo dentro do bloco só favoreceu a Bilívia.
Afinal, o que o Governo Lula pretende , já que ele acha justo quando nossos visinhos lutam por seus direitos e chegam até ao ponto de usar a força contra o Brasil, mas o Governo Lula não acha justo e necessário, que o Brasil recorra a corte internacional para buscar seus direitos.
Que Governo é esse que prioriza mais os interesse estrangeiros, que o de seu próprio país ?
O que o Lula pretende com este Mercosul que só tem o envolvimento de países egoístas que dentro de si só prevalece seus interesse individuais ?
Sinceramente, na minha opinião estão certos os países : Chile e Colômbia, que não perde tempo com esse Mercosul falido e enganatório.
A política do Governo Lula de ficar insistindo no Mercosul, e ficar ainda buscando de forma ineficiente incluir paises como Bolívia , é a prova que esse Mercosul não se chegará a lugar nenhum.
Lamentável que Lula tenha se preocupado mais com os direitos e interesses de nossos visinhos do que com os direitos e interesses de seu próprio país.

Wellington Amado
Salvador


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: