jump to navigation

Avaliação dos blogs da disciplina 10 julho, 2006

Posted by Fabio Malini in Ufes.
trackback

PM CAPIXABA

LINHA EDITORIAL
muito bem definida. Pouquíssimos off-topic, o que ajuda a manter um público especializado e cativo. Lembre-se web é gueto, não é massa. O ensinamento foi respeitadíssimo.

ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA
demorou a engrenar. Mas manteve a cada semana fatos novos.

CONTEÚDO / PRÁTICA DA ESCRITA

Gostei da opção pela informação em detrimento da opinião. A opinião só surgiu por conta da influência do próprio usuário do veículo.

Opção pelo micro conteúdo esteve associado à dimensão informativa. Deu certo.

praticou a hipertextualidade, apontando até informação relevantes (como os telefones das polícias no país).

Senti só um pouco de falta do espírito crítico, inclusive, à propria instituição.

ANÁLISE DE REDE
Não soube aproveitar a participação dos usuários, ora por conta da ausência de um contador de estatística, ora por não interagir com os comentários dos usuários

————————-

DESPERTANDO VOZES

LINHA EDITORIAL
Linha mais opinativa. Ou seja, com foco mais na produção de editoriais. O foco foi conteúdos que giravam em torno da pauta de movimentos da sociedade civil, assumindo, inclsive, o posicionamento editorial desses movimentos. A linha editorial ampla fez com que o blog buscasse uma identidade editorial ainda incompleta.

ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA
demorou a engrenar. Mas manteve a cada semana fatos novos.

CONTEÚDO / PRÁTICA DA ESCRITA
Opção pela Opinião em relação à informação. Isto fez com que o veículo optasse por posts longos e definitivos (muitas vezes cansativos de ler em tela)

praticou a hipertextualidade, principalmente interior aos posts, mostrando um aprendizagem com a ferramenta.

Excesso de crítica acabava dificultando a percepção dos outros lados das questões.

Poderia inverter o layout: fundo claro, letra escura. Isto facilita a leitura.

ANÁLISE DE REDE
Bastante participativo, o blog faz com que o usuário se sinta em casa, por isso, que há bastante comentários, puxados pela escolha precisa por temas que produz polêmicas e interações.

————————–

NÓS EM TRANSE

LINHA EDITORIAL
muito bem definida. Pouquíssimos off-topic, o que ajuda a manter um público especializado e cativo. Lembre-se web é gueto, não é massa. O ensinamento foi respeitadíssimo. Uma delícia de ler.

ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA
atualizadíssimo.

CONTEÚDO / PRÁTICA DA ESCRITA

Opinião e informação convivem de forma harmônica. Nos últimos posts, decisão editorial caminha para a informação, aliás, bastante noticiosa, já que pouco encontrada na imprensa de massa.

Opção pelo micro conteúdo esteve associado à dimensão informativa. Deu certo.

praticou a hipertextualidade, principalmente interior aos posts, mostrando um aprendizagem com a ferramenta.

ANÁLISE DE REDE

Contador de estatística revela que o blog é voltado para a dimensão mais regional, local. Acredito que deveria manter esse foco, pois, aqui na roça, pouco temos de informação e opinião sobre cultura. Então tendo alguém que se dedica a isso é um ótimo refresco.

————————–


GERAÇÃO PROZAC

LINHA EDITORIAL
caótico, em termos editoriais. Mas assim assumido.

ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA
ficou devagar um pouco mas depois ficou atualizadíssimo.

CONTEÚDO / PRÁTICA DA ESCRITA
Opinião sobre a informação. Isto fez com que o veículo optasse por posts longos e definitivos (muitas vezes cansativos de ler em tela)

praticou a hipertextualidade, principalmente interior aos posts, mostrando um aprendizagem com a ferramenta. IMportante também o uso da multimidialidade. Perfeito!

Excesso de crítica acabava dificultando a percepção dos outros lados das questões.

Uso recursivo de fontes coloridas. É um “mico virtual”. Dificulta a leitura e parece criar um texto vagalume.

ANÁLISE DE REDE
Bastante participativo, pena que sem contador de estatística.

——————————–

POLITICA EM REDE

Linha editorial
bem definida, mas o blog é permeado de off topics.

ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA
ficou devendo.

CONTEÚDO / PRÁTICA DA ESCRITA

Opção pelo microconteúdo, com foco mais informativo.

praticou a hipertextualidade, principalmente interior aos posts, mostrando uma aprendizagem com a ferramenta. Importante também o uso da multimidialidade.

Pouca produção de posts próprios, capturando conteúdo da imprensa. O blog acabou indo para um estilo clipping, perdendo o pouco de identidade própria que havia ganhado.

ANÁLISE DE REDE
Poucos comentários, derivado da incipiência de conteúdos. É o risco do micronteúdo. Contudo, ter comentários em um blog não faz com que ele seja melhor ou pior. Não fica claro para quem se dirige o blog.

———————————–

LEITURA ALTERNATIVA

LINHA EDITORIAL
confuso, o que produziu uma multiplicidade de posts sem coesão um com o outro. Acabou virando um espaço para que os autores exorcizassem suas dúvidas teóricas.

ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA
facílimo de acompanhar, pois teve pouca atualização.

CONTEÚDO / PRÁTICA DA ESCRITA
Opinião sobre a informação. Isto fez com que o veículo optasse por posts longos e definitivos (muitas vezes cansativos de ler em tela)

praticou a hipertextualidade, principalmente interior aos posts, mostrando um aprendizagem com a ferramenta (embora tenha demorado em utilizar o recurso).

Excesso de crítica acabava dificultando a percepção dos outros lados das questões.

Uso recursivo de fontes coloridas. É um “mico virtual”. Dificulta a leitura e parece criar um texto vagalume.

Muita reprodução de material já publicado na imprensa, o que torna o blog pouco atraente, por não trazer contribuições informativas e editorial (formativas) ao leitor.

ANÁLISE DE REDE
Uma dúvida…

———————————–

ESPAÇO UFES

LINHA EDITORIAL
muito bem definida. Pouquíssimos off-topics, o que ajuda a manter um público especializado e cativo. Lembre-se web é gueto, não é massa. O ensinamento foi respeitadíssimo. Uma delícia de ler.

ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA
atualizadíssimo.

CONTEÚDO / PRÁTICA DA ESCRITA

Opinião e informação convivem de forma harmônica. Contudo, a informação dá a tônica ao blog.

Opção pelo micro conteúdo esteve associado à dimensão informativa. Deu certo.

praticou a hipertextualidade, principalmente interior aos posts, mostrando um aprendizagem com a ferramenta.

ANÁLISE DE REDE
Contador de estatística revela que o blog é voltado para a dimensão mais regional, local. Acredito que deveria manter esse foco, pois há um número elevado de usuários que buscam informação sobre a universidade. Então tendo alguém que se dedica a isso é um ótimo refresco.

———————————–

LEVANTANDO VÔO

LINHA EDITORIAL
Confuso no íncio, mas aos poucos foi encontrando um foco entre assuntos sobre viagens, turismo e aviação.

ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA
demorou a engranar, mas manteve um nível médio de atualização.

CONTEÚDO / PRÁTICA DA ESCRITA

Opinião e informação convivem de forma harmônica. Contudo, a opinião dá a tônica ao blog.

Sempre com um certo estilo irônico.

Opção pelo micro conteúdo esteve associado à dimensão informativa/opinativa. às vezes se confundia o interesse com uma opinião mais distanciada sobre determinados temas.

praticou a hipertextualidade, principalmente interior aos posts, mostrando um aprendizagem com a ferramenta.

ANÁLISE DE REDE
Contador de estatística revela que o blog é voltado para a dimensão mais global, contudo, há poucos conteúdos que abarcam esse interesse da audiência. Não esqueça de observar a demanda do seu usuário. Isso é importante como prática jornalística: se antecipar a pauta e criar a sua própria.

——————————-

CULTURA E HISTÓRIA CAPIXABA

LINHA EDITORIAL
Bem definido, apesar de muitos posts serem off topic.

ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA
atualizadíssimo no início, mas os dias foram passando, e os posts escasseando…

CONTEÚDO / PRÁTICA DA ESCRITA
Opinião e informação convivem de forma harmônica. Contudo, a opinião dá a tônica ao blog. Sempre com um certo estilo irônico. Uso recorrente de posts longos e definitivos. Parece não produzir cansaço, já que possuem comentários.

Praticou a hipertextualidade, principalmente interior aos posts, mostrando um aprendizagem com a ferramenta.

Gerou um certa confusão o tema dos conteúdos, ora sobre o patrimônio da cultura, ora sobre cultura pop (festivais, banas etc), ora sobre debates políticos… Talvez a autora se via limitada pela própria linha editorial que criou.

ANÁLISE DE REDE
Contador de estatística revela que o blog é voltado para a dimensão mais local, contudo, não esqueça de observar a demanda do seu usuário. Isso é importante como prática jornalística: se antecipar a pauta e criar a sua própria.

————————

REFLEXÃO POLÍTICA

Quase natimorto, demorou a engranar, teve lampejos de produção, mas depois ficou paradinho, paradinho…

Anúncios

Comentários»

1. Alan Alves Vianna - 29 novembro, 2007

Adorei conhecer este blog, e lembrar das pessoas inteligentes que, ainda existe nesse lugar. Sou capixaba, de nascença e de coração mas, moro no Rio e estou cheio de saudades dessa terra linda, e é cláro, do cheiro e da cor do mar de Vila Velha. Hoje eu moro e estudo aqui, faço comunicação, mas já trabalhei ai na UFES na copiadora do Márcio – IC “4” – onde decidi oque ser na vida.
abraços e parabéns pela iniciativa !


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: