jump to navigation

ser blogueiro 21 setembro, 2008

Posted by Fabio Malini in Sobre o virtual.
Tags: , ,
add a comment

Em tempo, uma bela crônica sobre o que é ser blogueiro.

uma nova ecologia midiática 6 maio, 2008

Posted by Fabio Malini in Sobre o virtual.
Tags: , , , ,
2 comments

Para quem curte o debate sobre a reestruturação midiática contemporânea, vale à pena uma reflexão sobre esse diagrama abaixo (construído por John Hiler), que mostra o forte hibridismo (ou simbiose, como é afirmado) entre a atividade jornalística e a interatividade com o leitor/usuário. A tese é conhecida: as redes sociais e os blogs alargariam o campo jornalístico, difundido e debatendo as histórias que circulam no mainstream midiático.

Contudo, há também um trabalho autônomo de jornalismo: reportagens testemunhais, checagem de informações divulgadas pela imprensa e análises em geral.

Mas o importante é a simbiose mostrado no diagrama. No centro, os jornalistas de diferentes veículos. Estes continuam atuando de forma clássica: cultivar fontes, que lhe oferecem informações e histórias. Na base, novos ecossistemas de comunicação, marcados por veículos impulsores de idéias e notícias. Esses canais são, na verdade, novos circuitos de difusão, como comunidades de conversação e relacionamento (orkut, facebook, msn etc), sites de notícias colaborativas, mídias pessoais (como blogs) e redes sociais de trocas p2p (bittorrent, youtube etc).

Essas informações, processadas por jornalistas, acabam retornando para o público na forma de histórias. Essa retroalimentação contínua constitui a própria base do ecossistema da mídia online.

Crítica às redes sociais 28 dezembro, 2007

Posted by Fabio Malini in Sobre o virtual.
Tags: , ,
1 comment so far

Redes antisociais: a pior idéia da internet? – É o título do artigo de Juan Freire que promove uma crítica muitíssimo inteligente às redes sociais que se estruturam a partir da lógica de “ambientes controlados”, como é o Orkut, o Facebook etc.  Freire ecoa as idéias de Adam Greenfield, que faz campanha contra as arquiteturas dessas redes sociais controladas.

Via: Soitu.es, por Juan Freire