jump to navigation

Ato Público contra Ai5Digital em Vitória 29 junho, 2009

Posted by Fabio Malini in Sobre o virtual.
add a comment

ATO PÚBLICO

Assembleia Legislativa – 10h – 03 de julho, sexta


MEGANÃO AO AI5DIGITAL

Projeto de lei do senador Eduardo Azedredo (PSDB-MG) quer censurar a internet e impedir programas de inclusão digital.


Debate com:

Onna Castro (Coletivo Intervozes)

Iriny Lopes (deputada federal PT-ES)

Fábio Malini (UFES)

Saiba mais sobre o projeto de lei: http://www.trezentos.blog.br/?p=1372

Anúncios

Europa quer desregulamentar jornalismo 15 junho, 2009

Posted by Fabio Malini in Sobre o virtual.
1 comment so far

Vixi… na Europa, rola um movimento, Press Freedom, que exige o fim da intervenção do Estado no acesso à profissão do jornalista. But…para os estrangeiros tem de ter visto, diplomas, certificados, tipo sanguíneo etc. Ou seja, a Europa dá com uma mão, e tira com a outra.

Detalhe, desse movimento nasceu uma Carta (de Edimburgo), assinada por representantes de 19 países europeus. Sabe qual país em que a carta não vai ter validade?

Portugal.

Lá, como cá, jornalismo é atividade regula(menta)da pelo Estado. Segundo o estatuto luso, o acesso à profissão  se faz através de estágios (24 meses na redação, 18 meses cursando qq curso superior, 12 meses cursando comunicação social).

É até boa a solução, mas imagina aplicar isso aqui no Brasil, imagina os níveis de precarização?

Veja  slide do prof. Manuel Pinto que explica o acesso ao jornalismo em Portugal.

Via Antonio Granado

blog e o diploma de jornalismo 15 junho, 2009

Posted by Fabio Malini in Sobre o virtual.
add a comment

Blog faz campanha pelo fim da exigibilidade do diploma de jornalismo para a realização de atividades de imprensa.

imprensa? 14 junho, 2009

Posted by Fabio Malini in Sobre o virtual.
add a comment

Dando continuidade ao de sempre. imprensa x jornalismo x sei lá o que. Aliás, esse filme Intrigas de estado, com tradução do título absolutamente péssimo (State of play – esse, sim, título bárbaro), apesar da idealização dupla no terreno do jornalismo & blogjornalismo, critica bem os métodos de outrora (que estamos de saco cheio, como promiscuidade com a fonte, câmeras escondidas…) e os métodos de agora (idem, como premência do tempo, publicação acelerada). No final, até chorei com a frase “o jornal precisa estar na mão do povo”. Que lindo é o final hollywoodiano. Mas eu estou de partida para SP, em julho, para entrevistar blogueiros censurados, numa espécie de pesquisa-reportagem-livro-que-um-dia-vai-sair, estou assustado com o nível de degradação política que a galera blogueira combativaestá a passar.O que fazer que esse cabra aqui , solitário na blogosfera a denunciar a gestão fraticida de José Serra na área de segurança pública. É imprensa ou não é? Não é jornalismo, mas, para mim, é atividade de imprensa. E das boas.

Por falar nisso, me parece, que a imprensa capixaba esqueceu da política fraticida do governo estadual em relação aos nossos cárceres, aliás, calabouços, pq até as masmorras do Termidor eram melhores que isso que temos aqui no Espírito Santo, segundo denúncias do Ministério da Justiça.É só ler aqui

Como escreveu o Castro Alves, “Deus, onde estás que não responde”. Puts… pq eu li a Clarice Lispector hj? Vou voltar para o artigo da Intercom, pq o Lattes is my life. FM